segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Caverna do Dragão. (Parte 4)

Herodes na forma de um bichinho empurrou a bandeja com a caneca até o garoto, mas Fedir levantou-se rapidamente e se afastou.

[Fedir] Não chegue perto de mim! Eu vou embora.

Fedir começa a andar pelo lugar, ele anda, anda e anda até que para e se irrita.

[Fedir] ONDE DIABOS ESTÁ A SAÍDA? VOCÊ A ESCONDEU NÃO FOI SEU TARADO?

[Herodes] Não escondi não, a saída tá no mesmo lugar por onde você entrou.

Herodes olha para a caneca e não vê mais a fumaça sair.

[Herodes] Viu o leite esfriou vou esquentá-lo mais uma vez.

'PUFF' Volta a se transformar num humano, novamente nu, pega a bandeja e vai numa direção.

[Herodes] Não mexa em nada pivete!

O garoto se assusta novamente com a transformação, assim que Herodes some no monte de coisas que tem no lugar, Fedir olha pro lado e vê um robô coelho em cima de uma mesinha, ele então  pega o coelho e vê um botão que acaba apertando e derrepente começa a tocar uma musiquinha.

[Música] "Coelhinho, se fostes como tu, tirava a mão do bolso e enfiava a mão no... CUelhinho..."

[Fedir] 0.0

Herodes aparece rapidamente e lhe tira o coelho da mão do garoto.

[Herodes] Eu não lhe disse para não mexer em nada pivete! ò_ó

[Fedir] SEU TARADO! AI ESTÁ A PROVA, VOU LEVAR ISSO PARA A DELEGACIA!

Continua...